中文EnglishDeutschEspañolFrançaisItaliano —  日本語한국어 — ру́сскийNederlands

O renomado filósofo e escritor Alain de Botton estará no palco principal do Airbnb Open em novembro em Paris. Conhecido como o “filósofo da vida cotidiana”, o trabalho do Alain nos desafia e nos prepara para abraçar o espírito de aventura que está na essência de viajar.

Esperamos que você se inspire com a reflexão do Alain abaixo na qual ele explica por que se aventurar é algo tão poderoso para os anfitriões e por que a reunião de todos no Airbnb Open pode transformar a forma como você encara a experiência de hospedar e viajar e até mesmo como enxerga o seu próprio propósito.

“Quando você começa uma jornada, pode ser útil ser bastante claro consigo mesmo sobre o que você idealmente espera das suas andanças. Boas viagens deveriam ser transformadoras e seus efeitos deveriam durar por muito tempo, mas para que isso ocorra precisamos reservar um momento — seja no portão de embarque, seja em casa na noite anterior depois de arrumar as malas — para refletir a respeito do que realmente desejamos conquistar ao nos lançarmos ao mundo.

Se somos nós que estamos recebendo os outros ao invés de nos aventurando, é a nossa empatia e compreensão da jornada que define como hospedamos. O Airbnb Open foi desenvolvido com muito carinho e cuidado como uma oportunidade de entrar em contato com os valores associados à essência de um anfitrião e de reunir-se com uma comunidade  carinhosa, curiosa e enérgica que compartilha dos mesmos interesses para que você possa renovar seu sentido de propósito. Além do mais, deve ser simplesmente divertido à beça.

Essa reunião deveria fomentar um senso genuíno de comunidade: os anfitriões sentirão que fazem parte de uma família global e que são compreendidos e apreciados por outras pessoas enfrentando aquelas mesmas alegrias e desafios ocasionais. A temporada mais corrida para a maioria dos anfitriões do mundo vai de maio a outubro, portanto o Airbnb Open deve ser visto como uma celebração após um período de muito trabalho; encare-o quase como um Festival da Colheita, onde as lições dos meses que acabaram de se passar podem ser compartilhadas e as celebrações podem acontecer em uma atmosfera de confiança e amizade.

O evento tem a intenção de expor uma série de ideias novas sobre como a experiência de hospedagem pode transcorrer da melhor maneira possível, de forma que todos comecem 2016 sentindo-se renovados e revitalizados. Estamos convidados a conhecer Paris para além dos monumentos e a explorar como uma viagem pode ser verdadeiramente gratificante. Haverá uma oferta de 225 passeios e experiências em Paris, o que deixará os anfitriões com a sensação de que o “mundo é a sua casa”. Por trás de todos esses passeios há uma teoria do quanto é possível fazer além do itinerário turístico normal — e portanto, que oportunidades existem para o Airbnb redefinir o que realmente constitui uma boa experiência de viagem. 

Pessoalmente, não vejo a hora de ver vocês no Airbnb Open e de oferecer a cada participante uma cópia do meu livro, A Nova Arte de Viajar, com um prefácio escrito pelo Brian Chesky. O fato de terem convidado alguém como eu me parece um sinal extremamente intrigante de como o Airbnb continua sendo uma empresa imaginativa e cheia de surpresas (no bom sentido). Esta é uma empresa que reconhece as inúmeras oportunidades que existem quando começamos a nos tornar mais ambiciosos em relação a viagens. A aventura realmente está apenas começando.”