English  Español  中文 —  Deutsch  Français  Italiano — 日本語  한국어  русский  Português Nederlands

As Experiências do Airbnb fazem parte de um ecossistema de viagens maior, portanto pode ser natural que o ritmo diminua após uma temporada mais movimentada. Com um pouco de criatividade e planejamento, um período de baixa temporada pode trazer oportunidades para fazer testes, crescer e até mesmo prosperar.

Veja aqui algumas maneiras que os anfitriões adotaram para manter suas experiências ativas durante o ano todo.

Aproveitando uma nova temporada

Alguns ajustes na página da sua experiência podem fazer toda a diferença para manter hóspedes em potencial interessados durante o ano todo. É muito provável que os viajantes de baixa temporada tenham pesquisado sobre o local e não se preocupem com o clima frio, úmido ou com neve. Na baixa temporada, transforme a experiência ao ar livre em uma aventura ou destaque por que sua experiência em áreas internas é uma ótima alternativa!

Veja aqui algumas maneiras que anfitriões experientes encontraram para aproveitar a mudança de estação da melhor forma possível:

Tania e Silvia mostram seus hóspedes se divertindo em um passeio a pé, mesmo com um pouco de chuva!

  1. Atualizar as fotos da experiência

Se um viajante visitar a página da sua Experiência no inverno e ver fotos e uma descrição destacando os meses quentes do verão, pode ter a impressão de que esse não é o momento ideal para reservar. Considere adicionar fotos de hóspedes aproveitando a sua experiência durante o ano todo. Aumente seu impacto nos resultados de busca definindo uma foto de capa que corresponda à estação do ano atual.

  1. Revisar a descrição

Até uma frase simples que destaque que sua experiência será divertida para os hóspedes, como “faça chuva ou faça sol”, pode fazer uma grande diferença. Vá além disso e atualize também a descrição para explicar aos viajantes como o clima pode afetar (mas não cancelar!) a experiência. Seja positivo na descrição da experiência! Por exemplo, você pode dizer: “Vamos ficar aquecidos visitando algumas lojas e cafés escondidos (e aconchegantes) para tomar um chocolate quente ou um café latte!”

Muitos anfitriões observam que os hóspedes, quando bem informados e preparados, já se sentem acolhidos no momento em que chegam para a experiência. Isso também pode deixar hóspedes em potencial mais confiantes e decididos a reservarem!

  1. Oferecer sua experiência como um presente

Caso sua baixa temporada seja perto do fim do ano, incentive possíveis hóspedes a reservarem a experiência como um presente para um ente querido. Conte aos hóspedes diretamente na descrição da página da experiência o que torna sua atividade um ótimo presente.

Proteja sua experiência do clima

Angie, uma anfitriã de Portland, onde o clima é geralmente frio e chuvoso, dominou a arte de manter seus hóspedes preparados e acolhidos:

Eu encaro como se o clima fizesse parte da experiência. Como se, caso não houvesse chuva ou sol, nada aconteceria nesta região. No outono-inverno eu troco a água com gás da primavera-verão por chá quente. Também levo ponchos e tenho pensado em oferecer aquecedores pequenos para as mãos. Também incluí essas informações na página da minha experiência. – Angie F., anfitriã de experiências em Portland

Pequenas mudanças na logística da experiência podem fazer com que sua atividade passe de “sazonal” para “protegida do clima”. Considere estas ideias úteis:

  1. Minimizar o tempo de trânsito dos hóspedes para uma experiência também pode ter um efeito nas reservas. Considere definir um lugar central e protegido contra as influências da natureza como seu ponto de partida.
  2. Se seus hóspedes passam um tempo caminhando ao ar livre, como em um passeio a pé pelo centro da cidade, considere adicionar paradas extras em locais cobertos para dar uma aquecida. Você pode até encontrar algo interessante em uma de suas novas paradas e agregar valor adicional à experiência.
  3. Ou talvez você queira reduzir o número de paradas e encontrar maneiras de passar mais tempo em áreas internas.  

Como a minha Experiência é ao ar livre a maior parte do tempo, eu incluí algumas paradas em cafeterias com aquecimento e encontrei alguns lugares quentes ao longo da atividade para garantir que todos fiquem confortáveis. Meus hóspedes foram tão compreensivos! Eu aprendi que quando você lida com a natureza, precisa ser flexível e ajustar sua rota conforme a necessidade, mesmo que o seu plano inicial esteja perfeitamente cronometrado. – Jess, anfitriã de experiências em Toronto

Desenvolva sua experiência

Independentemente de ser sua primeira vez oferecendo uma experiência nesta época do ano ou de você ser um anfitrião experiente, ter tempo para testar o seu calendário, ou até mesmo os preços, pode ajudar você a encontrar a melhor maneira de conseguir reservas na baixa estação. Veja aqui algumas ideias para considerar:

  1. Você pode tentar oferecer sua experiência em diferentes dias e horários durante a semana para descobrir o que funciona melhor nesta época do ano.
  2. Não esqueça dos feriados! Talvez você queira disponibilizar mais datas quando as pessoas estão viajando para sua cidade para comemorar um feriado.
  3. Muitos anfitriões descobriram que baixar o preço, mesmo que apenas um pouco, pode fazer uma grande diferença caso precisem de um impulso em suas reservas.
  4. Se você preferir manter seu preço, talvez queira aumentar o valor percebido da sua experiência adicionando algo especial e próprio da estação ao que você oferece atualmente. Pode ser algo tão pequeno quanto um café latte!

Crie uma nova experiência

Considere usar o clima, a estação do ano e os feriados a seu favor. Se você hospedar uma experiência que inclua bicicletas ou caminhadas, considere as singularidades de cada estação. Se estiver na América do Norte, por exemplo, pense em adicionar lugares que destacam a mudança de cor nas folhas das árvores em novembro, ou incluir áreas que foram decoradas para as festas de final de ano em dezembro.  

A mudança de estação pode ser um ótimo momento para testar uma nova experiência. Aqui estão algumas perguntas para se fazer antes de enviar uma nova experiência:

  1. O que sua cidade tem de especial durante os meses de baixa temporada?

Os restaurantes e bares locais podem se concentrar em diferentes pratos, bebidas ou especialidades nos meses de inverno. Também pode haver atividades ao ar livre que só são oferecidas nesta época do ano, ou áreas da sua cidade que podem ser destacadas com mais facilidade, como locais para fazer compras para os feriados ou bairros decorados para as festas de fim de ano.

  1. O que os moradores locais gostam de fazer?

O que você e seus amigos fazem de especial nesta época do ano? Você visita galerias de arte, museus, cervejarias ou come fora com mais frequência? Essas informações podem inspirar uma nova experiência centrada em áreas internas. Aqui estão algumas das categorias que identificamos como as mais reservadas pelos moradores locais:

  • Experiências relacionadas à música, como aulas, sessões de improvisação e shows
  • Experiências centradas na arte, como pintura com um toque especial, artesanato e oficinas de escrita
  • Experiências focadas no bem-estar, como aulas de ginástica, meditação e caminhadas na natureza
  • Experiências relacionadas à comida, como aulas de culinária, degustações de vinho e queijo e passeios gastronômicos

Para muitos anfitriões, uma temporada tranquila pode oferecer tempo extra de preparação para a próxima temporada movimentada. Considere usar esse tempo de inatividade para planejar novas experiências nos próximos meses, construir relações que possam se transformar em parcerias proveitosas ou até mesmo colocar em dia finanças e impostos!

E, o mais importante, divirta-se. Este experiente anfitrião faz um ótimo resumo de tudo:

Considere as estações tranquilas como oportunidades para fazer testes. Por exemplo, adicione elementos internos à sua experiência, ajuste o preço (não necessariamente diminua), ou seja, reflita sobre o que você poderia mudar para que, mesmo com o frio, as pessoas considerem reservar a sua experiência. Um dos períodos mais movimentados que tive (com os hóspedes pedindo mais dias além do que estava disponível) foi durante a semana de Natal. Muitas vezes tem pouco a ver com a temporada em si. Anthony D., anfitrião de experiências em Londres