English —  Español — 中文 —  Deutsch —  Français —  Italiano — 日本語 —  한국어 —  русский — Português

 

Este conteúdo foi criado pelo Airbnb e está de acordo com os padrões técnicos de segurança alimentar da Organização Pan-Americana da Saúde (PAHO). 

O Airbnb criou um conjunto de orientações para ajudar a reduzir o risco de transmissão da COVID-19 para anfitriões e hóspedes de experiências que envolvam comidas ou bebidas. 

Estas orientações somam-se às orientações de segurança alimentar para experiências do Airbnb e a quaisquer orientações nacionais e locais.

Confira as práticas de segurança obrigatórias para anfitriões de experiências no Airbnb durante a pandemia de COVID-19 aqui

  

Consumo de comidas e bebidas

  • Sempre que possível, os hóspedes devem consumir comidas/bebidas ao ar livre ou em suas próprias casas, como forma de reduzir os riscos. O consumo de alimentos em espaços fechados é permitido somente quando as leis locais para restaurantes também permitirem e se for possível manter um distanciamento de 2 metros entre as pessoas.
  • Evite oferecer opções de self-service. O ideal é que cada pessoa tenha seu próprio prato, em vez da comida ser servida como bufê ou posta no centro da mesa. 
  • Use pratos e utensílios de cozinha descartáveis. Se isso não for possível, certifique-se de que você e os hóspedes estejam de luvas ao manusear utensílios de cozinha e, quando terminar, lave-os com água quente ou em uma lava-louça. 

 

Distância física e ventilação 

  • Garanta uma distância física de 2 metros entre as bancadas e os assentos para a segurança dos hóspedes. Para tanto, talvez você precise reduzir o número de hóspedes em cada evento da experiência ou adaptar a configuração do seu espaço. 
  • Ao oferecer a experiência em um espaço fechado, verifique se os sistemas de ventilação estão funcionando corretamente e abra janelas e portas para aumentar a circulação e a troca de ar.

 

Protocolos de higienização e desinfecção

  • Cumpra todos os princípios de higiene alimentar (orientações de segurança alimentar para experiências) para garantir que a área de preparação de comida esteja higienizada e também para eliminar ou reduzir o risco de contaminação dos alimentos ou de suas embalagens. 
  • Disponibilize artigos de higiene pessoal adequados para os hóspedes, como sabonetes, lenços umedecidos/desinfetantes para as mãos à base de álcool (ou outras formas de desinfecção), papel-toalha e lenços de papel.

 

Higiene pessoal 

  • Recomende aos hóspedes que lavem e desinfetem as mãos corretamente com frequência a cada etapa da experiência e quando manusearem alimentos. 
  • Luvas podem ser eficazes na redução da propagação de vírus e doenças, mas apenas se usadas adequadamente. Lavar as mãos, por sua vez, oferece mais proteção contra possíveis infecções. No entanto, as pessoas devem usar luvas nas seguintes situações: 
    • Ao manusear sacos de lixo.
    • Ao usar produtos de limpeza ou desinfetantes, conforme exigido pelas instruções do produto.
    • Ao manusear lençóis sujos. 
    • Ao manusear itens que podem estar contaminados por fluidos corporais. 
    • Em circunstâncias em que as luvas podem servir de proteção complementar à lavagem ou desinfecção as mãos — por exemplo, ao manusear objetos tocados com frequência. 
  • Se luvas forem usadas, elas devem ser trocadas com frequência e as mãos devem ser lavadas entre as trocas e ao serem removidas. 

 

Comida de rua e visitas a mercados ou feiras 

  • Adapte sua experiência para que ela ocorra em áreas com menos aglomerações. Considere quais serão os pontos de encontro, os locais visitados, os pontos de venda que têm grande circulação de pessoas, as opções de transporte disponíveis, entre outros fatores, para manter a distância física de acordo com os regulamentos locais. 
  • Visite as feiras locais em grupos pequenos (2 a 3 pessoas no máximo) e mantenham 2 metros de distância uns dos outros o tempo todo.
  • Em “mercados úmidos”, não compre animais vivos e evite entrar em contato com eles. 
  • Evite tocar na comida com as mãos a não ser que seja necessário.
  • Prefira locais com infraestrutura de saneamento básico: por exemplo, banheiros, locais para lavar as mãos, água potável e drenagem urbana. 
  • Não prove pratos típicos que são servidos crus e confirme que os alimentos estão bem cozidos, especialmente carne vermelha ou de aves, ovos, frutos do mar e peixes. Para o consumo de todas as outras comidas e bebidas, consulte as orientações mencionadas anteriormente.