O Airbnb já realizou uma série de estudos sobre os impactos econômicos do compartilhamento de casas em cidades ao redor do mundo, mas ainda não havíamos pesquisado os impactos ambientais. Hoje estamos divulgando um estudo novíssimo sobre os impactos ambientais do compartilhamento de casas, que constatou que o uso do Airbnb promove um uso mais eficiente dos recursos existentes e representa uma forma ambientalmente sustentável de se viajar.

Nesse estudo, comparamos o impacto ambiental de estadias em propriedades do Airbnb com estadias em hotéis (com base em 8.000 respostas de questionários dadas por anfitriões e hóspedes do mundo inteiro). Para elevar o nível e a rigorosidade do estudo, as residências foram comparadas com alguns dos hotéis mais sustentáveis e eficientes no uso de energia do mundo. Os resultados do estudo estão resumidos no infográfico abaixo, com comparações de consumo de energia, emissão de gases de efeito estufa, uso de água, produção de lixo, conscientização sobre sustentabilidade e uso de produtos químicos.

EnvironmentalImpact-Blog-MT-PortugueseBR_v3

Mais detalhes sobre o estudo de impactos ambientais podem ser encontrados na Central de Imprensa do Airbnb.