Por estarem o tempo todo viajando juntos, Nate e Amanda da The Shalom Imaginative encontraram uma maneira criativa de trabalhar com a ideia de sentirem-se em casa enquanto viajam. Como fotógrafos especializados em fotos de casamento e de família, o casal busca capturar a beleza autêntica do dia a dia. No entanto, eles parecem capturar essa beleza também em suas vidas cotidianas. Apesar de estarem viajando a maior parte do ano, o casal queria um espaço que permitisse escapar um pouco de suas agendas lotadas e aproveitar um lugar com aquela sensação de casa. Uma casa cuja base seria em Los Angeles, mas que pudesse ter o mesmo dinamismo e mobilidade que suas vidas.

E que lugar poderia ser melhor para esse estilo de vida do que um tradicional trailer? Nate e Amanda aprenderam sozinhos como desmontar, restaurar e refazer um trailer de 5,5 metros do zero. O resultado: um espaço criativo e encantador repleto de recordações das suas aventuras na estrada. E mesmo que não seja um lar tradicional, o trailer é um espaço único para hóspedes do Airbnb.

Before.Camper-216

 

Vocês passam muito tempo viajando como fotógrafos e capturando momentos importantes entre família. Para vocês, qual o significado de lar?

AMANDA: Nós sorrimos um para o outro quando você perguntou isso, porque essa é a nossa prioridade quando estamos registrando as famílias em seus lares. Nossa primeira pergunta para eles é sempre essa: “Qual o significado de lar para vocês?” e, às vezes, a pergunta é complicada porque a resposta pode parecer cafona, mas lar é quando estamos juntos e qualquer lugar onde possamos nos sentir inspirados a criar algo ou simplesmente desacelerar um pouco. Lar pode ser a própria natureza, em um bosque onde sentimos nossa criatividade fluir e podemos respirar fundo. O trailer representa tudo isso para nós. Ele não é o nosso lar no sentido tradicional, considerando que estamos sempre viajando. Para nós, isso tem sido uma ótima maneira de entender melhor o que significa essa sensação de “estar em casa” e como podemos criá-la em todos os lugares.

NATE: Faz pouco tempo que terminamos de restaurar o trailer e, por isso, só fizemos uma viagem até agora: subimos a costa da Califórnia até Big Sur e Yosemite. Nossas vidas e nosso negócio estão entrelaçados de tal maneira que uma casa móvel pode realmente ser um ótimo espaço para escapar um pouco de tudo. É a forma mais relaxante de ter um tempo para se desconectar de tudo. Acampar é ótimo, mas ter um espaço onde podemos ser criativos enquanto estamos na natureza é muito inspirador.

CAMPER-3

O que inspirou vocês a encarar o projeto de comprar um trailer e transformá-lo em uma casa?

AMANDA: Somos fotógrafos, então ficamos bastante tempo em nossos computadores quando estamos editando imagens. Esse projeto nos permitiu deixar o computador de lado e fazer algo mais produtivo com nossas mãos. Nós amamos criar espaços esteticamente inspiradores – não importa o formato. Nós sempre quisemos ter um espaço onde pudéssemos receber hóspedes e que fosse possível compartilhar com outros artistas pelo mesmo motivo que o nosso: para inspirar e acalmar.

NATE: Concordo com a Amanda. O mais maluco é que vimos o trailer quando estávamos a caminho do cinema. Ele estava em uma esquina e vimos como era barato. Aí simplesmente conversamos com os donos e em 24 horas ele já era nosso.

Vocês já tinham alguma experiência em restaurar casas antes de encarar esse projeto?

NATE: Nunca em um veículo. Eu já havia feito alguns trabalhos de construção e marcenaria antes, então eu estava um pouco confiante. Porém, não sabíamos nada sobre encanamento e instalações elétricas, então buscamos muitas respostas no Google e no YouTube, e aprendemos sobre restauração e reparos com outras fontes de informações pelo caminho. Quanto mais você se envolve com a coisa, mais você percebe o quanto você ainda precisa fazer. Nós desmontamos o trailer por completo. Havia muitos danos causados por água. Gastamos seis meses no total, trabalhando em nosso tempo livre entre as viagens. Mas aqui estamos. Terminamos!

Como você descreveria o design do trailer?

AMANDA: Boêmio, mas ao mesmo tempo bem minimalista. Por ser tão pequeno, queríamos mantê-lo com uma atmosfera cintilante, branca e aberta. Temos peles de carneiro nos dois bancos da frente. Pintamos todas as paredes de branco e deixamos a madeira exposta. Nós até passamos verniz no chão: achamos que era transparente, mas acabou ficando vermelho vivo. Então tivemos que refazer. Também temos alguns tapetes marroquinos que ajudam a dar uma colorida no ambiente.

E onde encontraram todos os itens da casa?

AMANDA: Principalmente em butiques e alguns mercados de rua, além de termos algumas relíquias familiares. É uma grande mistura de coisas únicas.

O que vocês mais gostam sobre o trailer? Há algumas peças ali que contam uma história?

AMANDA: Isso pode soar estranho, mas adoramos o vaso sanitário! Poder jogar o vaso sanitário antigo e nojento para colocar um novo e mais bonito foi delicioso. As peças de decoração nós colecionamos muitas ao longo dos anos. Queríamos encher o espaço com plantas e queríamos que elas fossem de todos os lugares que visitamos. Por isso que acabamos de pegar um cacto ao sair de Yosemite. Fomos juntando coisas de lojas aleatórias que conhecemos pelo caminho. Por algum motivo, há peixes e arco-íris por toda parte. Essas são apenas algumas das coisas com as quais nos apaixonamos em nossa jornada. Agora temos a sensação de que todas elas fazem parte da história desse trailer.

Por que vocês decidiram colocar o trailer para receber hóspedes pelo Airbnb?

NATE: Esse é o espaço que usamos para escapar das nossas vidas corridas, mas simplesmente adoramos a ideia de conhecer outros viajantes e artistas e de oferecer a eles um espaço que curtimos tanto. Em nossas viagens, adoramos usar o Airbnb e ficamos em qualquer tipo de espaço que não seja um quarto comum com fotos comerciais em molduras horrorosas nas paredes. E vamos lembrar daquela definição inicial de lar: não entendemos como sendo apenas uma cama confortável para dormir. Já faz algum tempo que sonhamos em ter algumas propriedades onde podemos morar temporariamente quando viajamos. E claro que iríamos querer compartilhar essas casas com outros artistas e viajantes. Para nós, esse é o verdadeiro significado de lar.

Before.Camper-197


Crédito de todas as fotografias: The Shalom Imaginative.

Siga The Shalom Imaginative no Instagram @TheImaginative e acompanhe suas aventuras pelas hashtags  #HowardTravelJournal e #ToTellTheStoryofBeauty.