English  Español  中文 —  Deutsch  Français  Italiano — 日本語  한국어  русский  Português  Nederlands

Definir o preço certo para suas experiências pode ser um pouco complicado. Gostaríamos que houvesse uma fórmula fácil para você encontrar o preço perfeito mas, como sua experiência é algo único, fica difícil estipular um valor! Entrevistamos anfitriões no mundo inteiro e compilamos sete das melhores dicas de anfitriões com tarifas altas de reserva (e excelentes avaliações)! Lembre-se, seus preços só dependem de você. Essas são apenas sugestões para ajudar você a criar seu próprio plano de sucesso.

Pense em seu público-alvo

Quem são os hóspedes ideais para sua experiência? Pode ser útil pensar nos seus hóspedes ideais. Quais as características de uma pessoa que se interesse muito por sua habilidade ou conhecimento únicos? Que profissão ela desempenha? Qual seria seu orçamento de férias? Quais poderiam ser suas outras atividades de interesse? Que restaurantes e bares ela curtiria mais?

Considere uma quantia que essa pessoa poderia gastar em uma tarde ou noite de balada. Você pode pesquisar o custo médio de uma refeição que ela faria ou outro evento ou experiência em que ela participaria. Lembre-se de que você quer que as pessoas levem você e sua experiência a sério, mas você também não quer que seu preço fique fora do alcance do seu público-alvo.

Seu sucesso é progressivo

Ao lançar um novo empreendimento, é importante entender que pode levar algum tempo para que ele faça sucesso. Muitos anfitriões que estão começando agora e ainda não têm um público nem avaliações de 5 estrelas para ajudar a atrair hóspedes para suas experiências consideram razoável começar com um preço inicial mais baixo. Isso pode atrair seus primeiros hóspedes e ajudar a acumular comentários e indicações boca-a-boca. Além disso, os comentários são uma “comprovação social” influente: eles podem ser a força para dar uma guinada em suas vendas, podendo sustentar um aumento progressivo dos preços.

Muitos anfitriões também acreditam que esse é o melhor momento para pensar em como suas experiências se encaixam em seus mercados. Atrair hóspedes logo no início com preços introdutórios pode ajudar você a validar seu conceito. Esses hóspedes sortudos são a oportunidade que você terá para aprender com as primeiras instâncias do seu evento!

Entenda como o Travis, da experiência Meditation at Land’s End (Meditação no Fim da Terra, em tradução livre para o português), criou um guia próprio para ajustar seus preços. Ele executou sua estratégia a partir de uma estrutura de preços gradual. Essa estratégia permitiu com que ele trabalhasse suas metas de comprovação social, que o ajudaram a testar preços e versões diferentes de sua experiência.

 

Nível 1: começando com $20

  • Aumentar o preço depois de receber 10 comentários
  • Custos e expectativas baixas, grupos grandes, as pessoas podem não comparecer
  • Uma recompensa de alto nível e inesperada criará excelentes comentários iniciais

Nível 2: $34

  • Aumentar o preço depois de receber 20 comentários
  • Interesse sólido em um preço justo e mais popular (custo de 2 entradas de cinema)

Nível 3: $49

  • Aumentar o preço depois de receber 60 comentários
  • O preço bom me ajudou a tornar essa experiência uma fonte de renda sólida como anfitrião

Faça um teste de oferta e procura

Sabia que você pode oferecer preços diferentes para datas diferentes da sua experiência? Selecione uma ou duas datas em seu calendário para testar uma tarifa maior e outra menor. Se você encontrar hóspedes se inscrevendo para participar dessas experiências com preços ajustados, talvez seja o momento de aumentar ou diminuir seus preços para garantir que elas acompanhem a procura.

Dica profissional: quando a procura por sua experiência pode aumentar ou diminuir? Faça uma lista com os horários em que você deseja testar seu preço. Considere eventos locais, sazonalidade, horário do dia ou dia da semana, etc. Por exemplo: durante o Carnaval, pode haver uma redução no número de viajantes indo para o Rio ou durante janeiro e fevereiro pode diminuir o movimento de pessoas indo para Nova York.  

Entendendo seus custos de funcionamento

Crie uma lista detalhada, com todos os custos que você poderá ter para que sua experiência aconteça. Considere o horário limite, custos de transporte, licenças, autorizações, materiais, suprimentos, ferramentas, custos do local (locação de um espaço, por exemplo), custos com lanches, etc. O que é necessário? O que você pode adquirir em grande quantidade – no atacado – para economizar dinheiro? O que você pode eliminar, mesmo oferecendo uma experiência inesquecível? O que você pode adicionar à sua atividade que poderia não ter custos? Lembre-se: todas as experiências têm o mínimo de um hóspede, por isso, tente evitar custos fixos caso haja poucos participantes.

James, anfitrião da experiência See buzz bands with a music blogger (Curta bandas novas com um blogueiro de música, em tradução livre para o português) em São Francisco, fornece aos participantes uma cerveja, ingressos para o show e um diferencial sem custos para ele como anfitrião, podendo ser uma “publicação no blog/playlist/podcast sobre o lineup antes do show.” Como James faz pesquisas sobre as bandas antes de suas experiências, ele aproveita essa oportunidade para criar um diferencial único para seus hóspedes, algo que agregue valor sem um custo adicional.

“Tentei baixar meu preço, pensando que talvez assim eu tivesse um aumento nas reservas da minha experiência. Reestruturei minha oferta, permitindo que eu reduzisse a taxa e isso ajudou mesmo!”
– Gabriela, anfitriã do Conheça a Pequena África e sua herança, no Rio de Janeiro.

 

Iniicialmente, Gabriela oferecia a famosa caipirinha no final das suas primeiras experiências. Logo ela percebeu que isso estava aumentando o custo da experiência e removeu o drinque. Eliminar esse custo extra permitiu que ela baixasse seu preço, aumentando as reservas, com a vantagem final de atrair mais famílias para a experiência.

Não se venda por tão pouco

Assim que você entender seus custos operacionais, se sentirá mais confortável para ajustar seus preços. Claro, você quer lucrar, mas não precisa colocar um preço que vai assustar seus hóspedes potenciais. Pense no valor que seus hóspedes atribuem à sua experiência depois de ler sua descrição. Alguns anfitriões elaboram uma surpresa para os hóspedes, isso pode ajudar com a satisfação geral, mas certifique-se de que todos os hóspedes entendam o valor do que eles vão perder se não reservarem.

Como você aumenta seu valor percebido? Muitos anfitriões encontram o sucesso com um anúncio minucioso em sua descrição, com um texto de alta qualidade. Eles focam nas seções “O que fornecerei”, “O que faremos” e até mesmo em  “Onde estaremos” dos anúncios de suas experiências.

Comentários positivos também podem afetar a forma como os hóspedes avaliam sua experiência. James diz que os diferenciais que ele fornece têm resultado em comentários positivos, muito valiosos logo no início. Alguns hóspedes estão dispostos a pagar mais!

“É tão divertido!! James conhece tudo sobre a banda (e sobre cervejas e São Francisco). Não se deixe enganar pelo preço!! Posso me imaginar facilmente pagando 5x esse valor e ainda ficar feliz com a programação.” – Hannah

Elabore um questionário para os hóspedes

Se você fizer uma experiência-teste com seus amigos e familiares, peça a eles um feedback sobre seu preço inicial. Lembre-se: nunca pergunte quanto eles pagariam! Eles sempre darão um preço muito inferior ao que deveria ser. É melhor você perguntar se eles pagariam $10 ou $20 a mais do que o preço inicial. Se os hóspedes derem um “Sim!” bem animado, você deve estar no caminho certo para começar. Sempre exceda as expectativas dos seus hóspedes, isso pode levar a mais avaliações de 5 estrelas.

Pense em termos gerais

Talvez surja uma ansiedade em comparar seus preços com os preços de experiências parecidas com a sua. Mesmo assim, quando os viajantes estão procurando por experiências, eles podem ter metas mais amplas. Alguns podem estar procurando por uma atividade que só possa acontecer em sua cidade ou bairro; outros podem estar procurando por uma noite de sexta inesquecível, outros, por uma tarde relaxante no meio da semana. Pensar em como sua experiência pode se encaixar na viagem de alguém e comparar seus preços a outras atividades que preencha esse tempo pode ser útil. Quando os hóspedes veem uma visita a um bar com máquinas de pinball, eles podem comparar sua experiência com uma balada noturna ou uma ida a um show e não com outras experiências envolvendo pinball.

Também é importante lembrar que, se você comparar o preço de seu anúncio ao de outra experiência, pode não estar levando em conta se esse anfitrião ajustou o preço recentemente. Você pode estar comparando seu preço a um preço que ainda não foi testado.

O preço da sua experiência só depende de você. Esperamos que essas dicas tenham ajudado a encontrar o melhor para seus hóspedes e seu crescimento como anfitrião de experiências. Pronto para testar seus preços? Acesse seu anúncio e faça um teste. Boa sorte!

Gabriela initially offered a caipirinha (a Brazilian cocktail) at the end of her first few experiences. She soon realized that this was adding to the cost of hosting and she removed this from the experience. Eliminating this extra cost allowed her to lower her price, increasing bookings, and it had the added benefit of more families booking this experience.