Qual o melhor lugar de uma estação de esqui normal? Com certeza o mais próximo possível do teleférico, a ponto de ser possível praticamente “entrar e sair esquiando” da porta da frente. Isso, é claro, partindo do princípio de que não se pode simplesmente passar a noite dentro do teleférico. Em Courchevel, um grupo de quatro amigos teve a oportunidade de viver o sonho de qualquer esquiador: passar a noite suspenso em um teleférico transformado em apartamento de luxo, a 2700 metros do chão.

Nosso vencedor, o Tommy de Manchester, trouxe seu irmão e dois amigos como seus companheiros para curtir esse incrível fim de semana de esqui no céu. Os quatro costumavam viajar muito, pois amavam esquiar juntos desde muito jovens, mas suas carreiras os levaram a viver em cidades diferentes com cronogramas diferentes, e eles não tinham mais muitas oportunidades de curtir um tempo juntos. Além disso, Tommy, um talentoso esquiador de estilo livre, teve que abrir mão de sua paixão pelo esqui por causa de uma lesão que sofreu. No entanto, Tommy propôs em sua inscrição do concurso que essa era a chance deles de retomar o que haviam perdido, em todos os sentidos.

A turma animada manteve-se otimista ao chegar em Courchevel, embora suas viagens não tivessem saído conforme o planejado. Enquanto os dois amigos chegaram a Genebra sem dificuldade, Tommy e seu irmão tiveram problemas com seu voo partindo de Manchester. Nossa equipe reservou o próximo voo para os irmãos chegarem a Genebra e providenciou um helicóptero para levá-los diretamente a Courchevel. Ele chegaram lá no melhor estilo VIP — flutuando pelo céu em um helicóptero e aparecendo do meio das montanhas para cumprimentar seus amigos no chão. A estadia épica deles estava apenas começando.Airbnb Night At CourchevelAtravessando a escuridão da noite em motos de neve para chegar à estação, o grupo finalmente chegou ao seu apartamento teleférico do Airbnb. Quando as portas se abriram, ninguém disse nada — todos ficaram em silêncio, maravilhados. Por dentro, o teleférico era um apartamento de luxo completo: enormes cortinas vermelhas, tapetes brancos felpudos, um sofá e uma mesa de café na sala com um cobertor aconchegante e travesseiros — um espaço perfeito para curtir com os amigos antes de descer as ladeiras. Mas é claro que isso não era nem de perto acomodações de esqui padrão: tudo o que se via pelas quatro paredes de vidro eram cumes perfeitos de montanhas e uma vista incrível e aberta de La Saulire, o ponto mais alto de Courchevel.

Tommy admirou a vista, escolhendo as encostas da montanha que a turma desceria na manhã seguinte. “Incrível, não? Maluquice total,” disse aos seus amigos.Airbnb Night At CourchevelPara ficarem abastecidos para o seu grande dia nas ladeiras, o grupo se esbaldou com um típico jantar de Savoie… em um ambiente claramente nada típico, suspenso sobre um vale. Pela manhã, eles comeram seu café da manhã bem do alto da montanha, sob o sol e na neve fresca, antes de subirem em seus esquis para realizar aquelas primeiras trilhas sagradas. E não eram primeiras trilhas quaisquer, pois eles estavam em outro nível de neve intacta no topo de sua montanha.Airbnb Night At CourchevelOs amigos passaram o resto do dia dominando a montanha e criando memórias em grupo que durarão para sempre. Todos concordaram que era difícil se despedir do teleférico transformado em casa. Será difícil repetir uma aventura fantástica como essa, embora agora eles sem dúvida têm motivação para tentar.Airbnb Night At Courchevel