English  Español  中文 —  Deutsch  Français  Italiano — 日本語  한국어  русский  Português Nederlands

“Minha alma doía”, afirma Remix, um artista de rua morador da Cidade do México, ao lembrar da época em que ganhava a vida vendendo mercadorias para restaurantes locais.

É difícil imaginar Remix, anfitrião da experiência Pinte um Mural com um Artista de Rua na Cidade do México, sem um sorriso radiante no rosto. Em seu passeio de arte de rua, onde os hóspedes experimentam ser artistas de rua por um dia, ele é otimista, animado e está sempre disposto a cumprimentar com um soquinho no punho seus hóspedes, que ficam de olhos arregalados. No entanto, nem sempre ele foi tão alegre. Antes de ganhar a vida como anfitrião e artista, ele vendia mercadorias para restaurantes na Cidade do México. Ao lembrar dessa época, ele reflete: “eu não estava indo para lugar nenhum”.

“Em um certo momento de minha vida, eu tinha meu próprio negócio, mas não tinha tempo para criar arte. Eu vi vários outros artistas ganhando exposição no mundo todo e comecei a pensar: “eu mereço isso também!”. Foi então que desisti do meu trabalho. O fogo que eu sentia queimando dentro de mim era forte demais para ser apagado.”

Agora Remix guia várias experiências no Airbnb, vende sua arte e viaja pelo mundo pintando murais — uma carreira de sonho para essa “estrela do rock” da arte de rua. No nosso destaque dos anfitriões dessa semana, nos encontramos com Remix para saber como ele criou uma experiência cinco estrelas tão transformadora.

Criação de uma experiência autêntica

“Eu faço arte de rua desde os meus 14 anos, mais da metade de minha vida. Isso não é um hobby, é uma vida, um estilo de vida para mim. Quando eu fazia arte de rua mais jovem, ninguém podia imaginar que isso seria algo em que os turistas se interessariam.

Agora existem muitos passeios, mas nem todos tiveram a experiência de verdade como artistas de rua. Nós escalamos paredes! Somos perseguidos! Sabemos o que é fazer parte dessa comunidade. Muitas pessoas não sabem exatamente de nossas aventuras.

Foi assim que eu tive a ideia de não só mostrar a arte, mas também fazer você saber o que é ser um artista de rua. Eu levo os hóspedes para comprar seu próprio spray, mostro a eles como pintar com spray nas paredes. Apresento os hóspedes a outros artistas de rua, lhes ensino a pintar como se eles fossem um de nós, sabe. Acho que levar as pessoas para pintar é muito mais original do que apenas olhar para a arte de rua. Procuro por passeios como o meu, não só na Cidade do México, mas no mundo todo, e nunca vi isso em um único passeio.”

Valorização do seu tempo e definição de preços

“Nas três horas necessárias para hospedar uma experiência, penso no que eu poderia fazer nesse tempo. Poderia finalizar uma pintura, melhorar meu portfólio, fazer um curso. Por isso eu deveria definir um preço justo pelo meu tempo.

Mas essas experiências também me deixam feliz, sabe. Não é só dinheiro. Nesse tempo, meus hóspedes e eu rimos muito e eles adoram. O tipo de pessoa que vai para passeios de arte de rua tem a mente aberta; eles estão interessados de verdade nisso. E quando eu digo a eles que vamos pintar, eles ficam super animados! Quando eu ficar mais velho e olhar para o passado, vou lembrar desses momentos e pensar: ‘Uau, eu sou tão grato. Sou muito grato por todos eles. Sinto muito amor pelas pessoas que conheço porque ela me permitem fazer isso.’”

Como lidar com o imprevisível

“Eu sou o tipo de pessoa que, quando acredito que uma ideia é ótima, me mantenho super otimista. Não há nada que possa me impedir. Adoro experimentar e tentar coisas novas.

Às vezes, coisas imprevisíveis acontecem e fico perdido por um minuto, sem saber como navegar nessas águas. Eu penso: “Oh não! Esse barco vai afundar!” Aí eu lembro que já fiz isso antes e sempre dá certo. Dura pouco esse momento, quando tudo parece estar um caos, mas não se preocupe, tudo vai dar certo. Lembre-se das vezes em que você passou por isso antes, por momentos ruins, mas tudo no final deu certo. Você pode fazer isso.

Acho que, se você ficar preocupado demais quando eventos imprevisíveis acontecerem, as pessoas vão ficar apreensivas. Se você ficar tranquilo, agir como se estivesse tudo bem e for capaz de continuar com uma atitude otimista e amigável, os hóspedes também não se preocuparão! Como anfitrião,é você quem lidera a experiência; seja um grande líder e as pessoas seguirão felizes.”

Como ser um anfitrião 5 estrelas

“Eu sempre tenho novas ideias. Por exemplo, alguns meses atrás, tive a ideia de ensinar as pessoas a ler as letras de grafite. Eles adoram ver a arte dessa nova maneira e conseguir ler a arte de rua. Eles levam essa habilidade para casa com eles.

Eu também penso em como aceitar e entender a personalidade do grupo. Às vezes, em meus grupos tem uma pessoa que é mais introvertida, e vou até ela. Geralmente, sou muito otimista, mas às vezes você tem que se sintonizar com a energia de cada um.

As pessoas só querem se sentir acolhidas. Aproveito para dizer que elas estão fazendo um ótimo trabalho, e que vou deixar elas fazerem qualquer tipo de arte que queiram. Não existem regras. Faço com que as pessoas se sintam importantes e que tudo o que elas fazem e dizem na experiência é relevante. Eu vou e cumprimento cada um, para reconhecer a presença delas ali.”

A inspiração que vem dos hóspedes

“É lindo ver as pessoas pintarem. É lindo porque são pessoas com diferentes mentalidades. Mesmo que elas tenham crenças diferentes, nesses momentos, não há nada que as separe. São apenas pessoas se divertindo muito. Elas não percebem, mas eu olho para elas e consigo ver como elas estão descobrindo como pintar linhas finas por conta própria.”

Remix criou elos fortes com seus hóspedes e não dá sinais de que está pisando no freio. Ele até se encontrou com alguns de seus “alunos de arte de rua” de experiências passadas em Austin, Texas, onde fizeram um passeio de grafite local e puderam ler grafite graças às habilidades que aprenderam com sua experiência. Se você for na Cidade do México, não deixe de pintar um mural com um artista de rua e prepare-se para se inspirar!