English  Español  中文 —  Deutsch  Français  Italiano — 日本語  한국어  русский  Português  Nederlands

Tenshin, o anfitrião da experiência de impacto social Pincel e tinta, estava prestes a se aposentar do ensino de caligrafia até ver Joe Gebbia falar sobre hospedagem de experiências na TV local. Ele ficou tão inspirado que, no dia seguinte, apresentou seu conceito para se tornar um anfitrião. Além de ensinar a arte dos caracteres japoneses, ele é CEO da NPO-LESA, uma organização sem fins lucrativos que fornece materiais de estudo de inglês, agasalhos, camas simples e bolsas de estudo para crianças soropositivas no Vietnã.

Com mais de 100 comentários ele guiou inúmeros participantes de todo o mundo e é altamente recomendado , Tenshin não só emana energia positiva e boa vontade, mas é um especialista em hospitalidade de alto nível. Confira algumas de suas dicas para descobrir o segredo do seu sucesso:

Como você planeja com antecedência para assegurar que os hóspedes terão uma boa experiência?

Eu preparo algumas mensagens de boas-vindas e faço perguntas aos participantes para conhecê-los bem. Gosto de ter a mente aberta e me interesso pelas pessoas que conheço. Um exercício de descontração é essencial, algo que definitivamente me ajuda a conhecê-los bem e os ajudam a conhecer bem uns aos outros. É importante criar um clima amigável para todos.

Como você se adapta rapidamente quando as coisas fogem do que foi planejado?

Na maioria das vezes, as experiências saem como planejado. Sou muito flexível. Tento acomodar meus participantes o máximo que eu puder, desde que eu tenha um bom controle sobre a experiência e nenhum dos participantes seja afetado por mudanças de última hora.

Uma vez, dois participantes se perderam e não se apareceram na hora no ponto de encontro. Eles ligaram e me pediram para pegá-los. Naquela hora, os outros participantes já estavam no ponto de encontro comigo.

Normalmente, mando uma mensagem pelo Airbnb com instruções detalhadas aos participantes alguns dias antes da data da experiência. Eu também lembro a eles para conferir a localização do ponto de encontro antecipadamente. No entanto, alguns participantes ainda se esquecem de fazer isso e se perdem. Em casos como esses, fico em uma situação difícil, porque não quero deixar os participantes que chegaram ao local da reunião no horário. Não consigo pegar os participantes que se atrasam, mas sempre faço o meu melhor para ajudá-los com instruções por telefone.

Nessa ocasião, os participantes que estavam comigo no ponto de encontro viram que eu estava me esforçando ao máximo para ajudar os participantes perdidos e me ajudaram a dar instruções. Quando os hóspedes veem minha hospitalidade, eles também mostram compreensão e gentileza com os outros participantes e tentam fazer o mesmo. É importante compartilhar minha hospitalidade com todos os meus participantes, para que eles possam compartilhar sua hospitalidade uns com os outros.

Como você acomoda as necessidades dos participantes e como você faz com que cada um deles se sinta especial?

Eu tento acomodar os pedidos dos participantes tanto quanto possível, desde que não afetem os outros participantes. Por exemplo, quando me pedem para adicionar mais vagas para uma determinada data, porque ela já está totalmente preenchida, eu costumo negar. Quero ter certeza de que posso acomodar todos os participantes e oferecer a melhor experiência possível a eles. Em casos como esse, eu prometo avisar a eles se alguém cancelar, para que eles possam reservar comigo.

Eu dou presentes artesanais especiais aos meus participantes. Seleciono pessoalmente caracteres chineses para escrever seus nomes em caligrafia japonesa e entrego a eles com descrições de cada caractere e minha assinatura. Também dou suportes para que eles possam pendurar minha caligrafia na parede!

Acredito que a preparação e os detalhes são essenciais. Além disso, é importante assegurar que meus participantes estão se divertindo e recebendo muitos sorrisos.

Como você continua mostrando hospitalidade aos seus participantes quando as coisas não saem como planejado?

Tento acomodar os pedidos dos meus participantes o máximo possível. Tento entreter todos e me esforçar 200% para acomodar cada um deles. É importante mostrar sua hospitalidade. Eu sempre tenho o espírito “ichigo-ichie” na minha mente. “Ichigo-ichie” significa “experiência ou oportunidade única da vida”. Esta palavra e sua filosofia vieram originalmente de uma teoria da cerimônia do chá conectada ao budismo. Para receber um convidado e lhe dar uma chávena de chá de qualidade, você deve acordar cedo pela manhã para limpar o portão da entrada e o piso da passagem estreita para a sala de chá, preparando a melhor água natural com carvão de qualidade. Os anfitriões devem fazer o seu melhor para preparar tudo para sua experiência única na vida.

Após a experiência, costumo enviar emails aos participantes para compartilhar fotos e ter certeza de que eles aproveitaram o momento.