Embora tenha sido bem menos arriscado do que para os doze milhões de imigrantes que atravessaram a Ilha Ellis antes do seu fechamento em 1954, Courtney Messer ainda assim vivenciou um lado da ilha que poucos conhecem. Como vencedora do nosso Night at Porta de Entrada da América – Ilha Ellis, Courtney e sua mãe, Robin, reviveram cada momento espetacular da experiência dos imigrantes: desde a primeira vista emocionante da tocha acolhedora da Estátua da Liberdade até sensação de tocar a terra ao sair do barco e dar seus primeiros passos.

Em sua inscrição vencedora do concurso, Courtney escreveu: “Uma das memórias mais felizes da minha infância envolve pegar a balsa até a Ilha Ellis e usar papel vegetal para fazer uma cópia dos nomes dos pais da minha mãe inscritos no Muro de Honra.”
Estávamos animados em criar ainda mais memórias felizes para ela na ilha. Pressão nenhuma, não é mesmo?

Apesar de Courtney, uma planejadora de mídia em uma agência publicitária, viver na cidade de Nova Iorque, nós reservamos uma casa do Airbnb para ela em Chelsea para ela ficar com sua mãe, Robin, que veio da Flórida após enfrentar alguns voos atrasados por condições climáticas. No dia seguinte, a dupla de mãe e filha foram levadas à doca onde elas conheceram o Arabella, sua casa flutuante de 48 metros onde passariam a noite. Courtney brincou que a cabine principal era tão grande que seu apartamento caberia ali várias vezes.

IMG_5663

A primeira parada? Uma visita à Ilha da Liberdade para fazer um brinde com champanhe e curtir um passeio particular com o guia, Matthew, que impressionou a dupla com fatos interessantes sobre a Estátua da Liberdade. Courtney mostrou que também gosta e entende bastante de história ao trocar várias ideias com Matthew ao longo de todo o passeio.

Airbnb Night At Ellis Island

Após uma viagem curta até a Ilha Ellis, Courtney e Robin caminharam até o Grande Salão do Museu onde milhões de imigrantes haviam formado grandes filas no passado na esperança de conquistar o seu pedacinho do Sonho Americano. Foi aqui que elas conheceram sua anfitriã, a ganhadora do Oscar Marcia Gay Harden, cuja própria família de imigrantes entrou pela ilha. “Temos ladrões de batata irlandeses de um lado e ladrões de terra do outro”, disse Marcia em uma entrevista ao Yahoo Viagens. “Estou tentando descobrir a história da minha família, e é um processo longo.”

Airbnb Night At Ellis Island

Bem ali, no centro do salão enorme, havia uma única mesa redonda e, em cada lugar dela, um cartão postal com o nome de um imigrante famoso que passou pela ilha — Charlie Chaplin, Bob Hope, e até mesmo Einstein. Um trio de cordas tocava ao fundo, criando a atmosfera da noite. Os hóspedes eram Courtney, Robin, Marcia, Rich Flood da Fundação Ilha Ellis e Jo Piazza do Yahoo Viagens. Após ficarem um tempo conversando e se conhecendo melhor, cada hóspede compartilhou um episódio da história da própria família. Marcia contou como convidou cada um de seus sobrinhos para conhecer a Cidade de Nova Iorque e visitar a Ilha Ellis sempre que faziam 8 anos de idade, e como incentivava eles a usar sotaques diferentes ao fingirem ser jovens imigrantes. Os pratos foram servidos na mesa, sendo cada um deles culturalmente relevante para a história da Ilha Ellis — os hóspedes puderam degustar uma coleção internacional de pães, um cozido marroquino, Paprikash e Kulebiaka, dentre outras iguarias.

“Poder sentar em um salão onde meus ancestrais caminharam com o medo de não saber se poderiam entrar nos Estados Unidos foi uma experiência incrível,” disse Courtney mais tarde durante uma entrevista com Jo Piazza do Yahoo Viagens. “Só de estar naquele salão já foi algo muito especial, mas estar ali depois do fechamento da ilha e sem as multidões de pessoas me ajudou a conseguir compreender a imensidão e importância daquele salão.”

Após as despedidas, Matthew e Rich levaram Courtney e Robin para um passeio pós-expediente das Terras e do Museu, compartilhando histórias interessantes sobre a rica história da ilha. No final do passeio, elas conheceram uma das especialistas em genealogia do Museu. Apesar de já saberem bastante sobre a família da Robin, Courtney aprendeu alguns fatos esclarecedores sobre a família do seu pai.

“Os pais da minha mãe entraram pela Ilha Ellis quando ainda eram crianças, e eu era muito próxima a eles. Trazer a minha mãe aqui, ela que sempre teve uma conexão pessoal com a Ilha Ellis, foi uma maneira de homenageá-los,” disse Courtney.

Após deixar a ilha, o Arabella levou mãe e filha em um passeio noturno ao redor da Baía de Nova Iorque antes de atracar, oferecendo vistas deslumbrantes do horizonte de Manhattan. Na manhã seguinte, a Estátua da Liberdade testemunhou um último café da manhã antes dessa jornada épica se encerrar de volta a Manhattan.

Airbnb night at ellis island

“Compartilhar essa experiência ajudará a deixar meus futuros filhos animados sobre a história de sua família,” disse Courtney.


Em parceria com o New York Times, criamos uma experiência multimídia completa cobrindo nosso evento “Night At”, incluindo um olhar profundo na história da Ilha Ellis. Para saber mais, clique aqui.